Bem Vindo...

Branca desde junho de 2008: Pensamentos, Poesias, noticías, atualidades, moda e perfumaria...tudo num só lugar...rs!!!

Estar aqui...escrever, vai muito além do que palavras rimadas, incentivos ou críticas. Escrever é uma forma de me libertar, de dizer o que sinto, como vejo o mundo, as pessoas, os sentimentos.

Escrever aqui é compartilhar meu grito em forma de palavras, minhas paixões, meus anseios...e também uma maneira de voar.

Escrever foi...e sempre será uma forma sutil de dizer as pessoas como me sinto, e como gostaria de poder mudar as coisas.

Ao entrar aqui, você compartilha um pedacinho da minha concepção, que talvez você discorde, mas é dessa forma, através dessa lente que vejo "tudo" ao meu redor.

Blogbeijoooos!



segunda-feira, 24 de janeiro de 2011


Aqui de baixo, tudo é muito vago, é indiferente...

...é um pouco frio, nada me atrai, tampouco me governa.

Paralizada no meio da estrada, eu esqueço que horas são, pra ser mais real, esqueço as estações...

...prefiro não dormir, pois tenho constantes pesadelos. Prefiro andar a pé, o carro me gera descontentamento...tenho medo de toda dessa desorganização, não organizada.

Aqui de baixo...eu não preciso me sentir no chão, porque de fato eu já estou nele...

...as vezes ele me cai bem, as vezes eu faço alguns vôos, mas ele é o que tenho agora.

É imenso, é conflitante, é cruel...

tentar desamar, quando amar é a única coisa que me faz salvar.

Blogbeijoooos!

5 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Desamar é tão difícil, é quase impossível, pois dói muito.
Bjux

Banin disse...

Como sempre dizem.. a perda de um grande amor.. só se cura.. com outro grande amor..
viva la vida loka ! =)
fixe-se no chão e continue caminhando... sonhos são bons.. mas são só sonhos..
viva a vida real !
um browse e um aperto de mouse!

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Deste chão que brota sua poesia, também me encontro em estado desconhecido, talvez de certa extasia.
Perdido ao me encontrar, choro em versos que se transforma em poesia...

Beijos

Hugo Dorta disse...

Nossa que texto lindo, belas palavras adorei do começo ao fim, parabéns.

Michelle disse...

Caramba!
Vou ficar aqui pensando que talvez esteja nesse movimento de...
'tentar desamar, quando amar é a única coisa que me faz salvar'.
Lindo texto!
Beijos!