Bem Vindo...

Branca desde junho de 2008: Pensamentos, Poesias, noticías, atualidades, moda e perfumaria...tudo num só lugar...rs!!!

Estar aqui...escrever, vai muito além do que palavras rimadas, incentivos ou críticas. Escrever é uma forma de me libertar, de dizer o que sinto, como vejo o mundo, as pessoas, os sentimentos.

Escrever aqui é compartilhar meu grito em forma de palavras, minhas paixões, meus anseios...e também uma maneira de voar.

Escrever foi...e sempre será uma forma sutil de dizer as pessoas como me sinto, e como gostaria de poder mudar as coisas.

Ao entrar aqui, você compartilha um pedacinho da minha concepção, que talvez você discorde, mas é dessa forma, através dessa lente que vejo "tudo" ao meu redor.

Blogbeijoooos!



quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


Desculpem a ausência, mas a Garota do Blog, está de férias e precisava desvaziar a mente pra continuar...
...então aí vai uma mensagem pra vocês:

"Não quero só viver de sonhos, nem de teorias...quero fazer da minha vida uma realidade sólida, com flores, pessoas, gestos, sorrisos, abraços, amores...sei que as tempestades fazem parte da estrada, mas vai depender de mim pintar um arco-íris e alegrar meu coração." 


Blogbeijoooos!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

A morte da princesa...

Manchou-se a folha, era mais uma gota de sangue, que saia de seu corpo.
Por uma vida, desejou jamais ter amado.
Por um silêncio, desejou jamais ter gemido.
Tudo se findara agora, as forças adormecidas se transformava em choro.
Em meios a respiros sufocantes, seu corpo todo mutilado, tentava não desistir à vida.
Seus pensamentos voava em torno do amor que lhe fizera sofrer sem alguma gratidão.
Suas palavras, já eram de dor, seus olhos ainda que atentos suplicava por um conforto.
Mas tudo já lhe tinha esgotado, forças já não existia, amor já lhe tinham tirado, os sonhos já lhe tinham contados...todo o seu corpo expressava dor, e sua alma libertação.
Foi-se quando com enorme esforço, respirou em um súbito respiro e viu-se que toda a folha já estava manchada...
...a vida já lhe era passado e todo aquele sofre encontraria outra morada.

Blogbeijoooos!