Bem Vindo...

Branca desde junho de 2008: Pensamentos, Poesias, noticías, atualidades, moda e perfumaria...tudo num só lugar...rs!!!

Estar aqui...escrever, vai muito além do que palavras rimadas, incentivos ou críticas. Escrever é uma forma de me libertar, de dizer o que sinto, como vejo o mundo, as pessoas, os sentimentos.

Escrever aqui é compartilhar meu grito em forma de palavras, minhas paixões, meus anseios...e também uma maneira de voar.

Escrever foi...e sempre será uma forma sutil de dizer as pessoas como me sinto, e como gostaria de poder mudar as coisas.

Ao entrar aqui, você compartilha um pedacinho da minha concepção, que talvez você discorde, mas é dessa forma, através dessa lente que vejo "tudo" ao meu redor.

Blogbeijoooos!



quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Em versos, eles, em mim.



Talvez eu seja um conjunto de partes, um tiquinho de cada um...

...ou talvez eles tenham mais de mim do eu pensava.

Dizem que a solidão me cai bem... talvez eu seja apaixonada demais por toda essa questão de ser livre.

Talvez eles não entendam quando eu digo: Say what you need to say.

Talvez um dia desses eu consiga ficar num lugar só, numa só opinião...

...numa só espera, somente com minha alma e minha paz.

Talvez eles me amaram mais do que demonstraram...

...e se calaram, quando eu quis que falassem.

Talvez eles conhecessem apenas uma parte de mim, e talvez eu os conheci mais do que precisava.

Alguns eu amei demais, outros aos extremos...paixões longas ou curtas, não importa

...são sempre paixões.

Talvez eles nunca me viram chorar, sempre sorrindo.

Talvez eles achavam que eu era forte...

...e porque eles pensavam,

Eu sou forte.




Blogbeijoooos!



6 comentários:

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

E com toda certeza és forte!!

Adorei, o discorrer de cada palavra.

Beijos

Natália Firmo disse...

Hahahaah...Obrigadaaaa, tow tentanto.

Beijoooos!

Franck disse...

Deixo-te Caetano Veloso: 'Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é'...
Bjs*

Wanderley Elian Lima disse...

Sempre somos cobrados que temos que sermos forte, não é nada disso, somos vulneráveis, e temos o direito de chorar.
Beijos

Rita Contreiras disse...

Somos esse somatório de palavras e silêncios; do visto e do invisível; do que dizemos e do que dizem de nós...e somos ainda muito mais que isso!!!

daniel disse...

adoreiii...