Bem Vindo...

Branca desde junho de 2008: Pensamentos, Poesias, noticías, atualidades, moda e perfumaria...tudo num só lugar...rs!!!

Estar aqui...escrever, vai muito além do que palavras rimadas, incentivos ou críticas. Escrever é uma forma de me libertar, de dizer o que sinto, como vejo o mundo, as pessoas, os sentimentos.

Escrever aqui é compartilhar meu grito em forma de palavras, minhas paixões, meus anseios...e também uma maneira de voar.

Escrever foi...e sempre será uma forma sutil de dizer as pessoas como me sinto, e como gostaria de poder mudar as coisas.

Ao entrar aqui, você compartilha um pedacinho da minha concepção, que talvez você discorde, mas é dessa forma, através dessa lente que vejo "tudo" ao meu redor.

Blogbeijoooos!



quinta-feira, 30 de abril de 2009

Sustentabilidade


Segundo a Wikipédia Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana.

Então como colocar tudo isso na prática, no dia-a-dia, na nossa rotina, em nossas vidas?
Percebo que ainda falta conscientização, é hora de abrir os olhos, ser adultos e começar a se mexer.
Cada ação, mesmo que pequena faz a diferença. Chegou a hora de agir, pequenas atitudes do dia-a-dia, se transformam em benefícios. Se cada um fizer sua parte, as chances de uma reação em massa é maior, será mais intensa.
Devemos parar de pensar “que os outros” não fazem, você tem que fazer a sua parte, e nada mais.
Deveríamos obter mais serviços das empresas sustentáveis, consumir mais produtos de ciclos recicláveis, exigir selos de preservação...
...Deveríamos, mas isso está longe de acontecer.

Um dia jogar lixo na rua, será proibido.

Um dia o consumo exagerado, será controlado.

Um dia só vamos consumir produtos de empresas sustentáveis.

Um dia todas as empresa, praticarão a sustentabilidade...

...pois se não fizerem assim, não terão mais clientes, nem colaboradores.

Um dia será obrigatório ter mais áreas verde, nas cidades, nos municípios, nos grandes centros.

Um dia a coleta seletiva de lixo, será tão normal que vamos praticar a qualquer hora, em qualquer lugar.

Um dia seremos menos poluentes, mais saudáveis...

...Um dia...

...mas enquanto ele não chegar...

...vamos consumir menos, desperdiçar menos, poluir menos, agredir menos, pra viver mais...

...mais felizes, mais conscientes...

...faça a sua parte, é nosso dever, é nosso direito, lutar por um mundo melhor, um mundo mais humanizado, mais acolhedor, mais responsável...

...um mundo mais SUSTENTÁVEL.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Felicidade


Vivemos a procura de respostas o tempo todo, consideramos isso um motivo para nossa existência. Não existe regras para ser feliz, não existe fórmulas, só existe o desejo, o desejo de ser feliz. Me pergunto então, quem é? Aonde está essa tal da felicidade? Felicidade é substantivo próprio ou comum? Não sei ao certo, mas acredito que felicidade é algo pra se conquistar, um momento de paixão, um instante de liberdade, um afago com Deus. Felicidade é apostar em nossas possibilidades, é crer na força do pensamento positivo, é estar bem consigo mesmo. Felicidade é uma coisa pequenina que cabe na palma da mão, num sorriso distraído, num abraço surpreendido. E pra você, o que é a felicidade?

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Ao meu coração

O meu coração...é livre, é independente...
Eu desejo que ele seja sensato, porém apaixonado.
Eu desejo um coração compreensivél, mas sem comodismos.
Eu desejo um coração sem preconceitos, simples como as crianças.

Eu desejo um coração consciente, racionalizado.

Meu coração é sábio, possui vontades próprias.

Meu coração se esconde entre sorrisos e abraços, mas é transparente, ele não vive com interrogações, vive sempre em conjugação.

Meu coração é valente, bate como uma peça, que não precisa do corpo.

Meu coração não possui razões, mas sonha com a esperança.

Meu coração deseja ser leve, aco
lhedor, confortável, incomparável.
Meu coração é movido pelas perdas, pelos desafios, pelas guerras existenciais.
Meu coração nunca se cansa, ele é constante.
Meu coração se retrai no inverno, amadurece no outono, floresce na primavera, e se renova no verão.
Meu coração é livre, é independente...

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Uma jóia líquida


No começo do século XX, em 1910 surgi o perfume. Naquela época para as mulheres, elegância era suportar o incômodo vestuário(espartilhos), o alívio para o sofrimento, era usar perfumes, com aromas refrescantes suaves. Daí começa o auge das românticas águas de colônias florais. Defino o perfume como uma jóia, algo que se deseja, que ilumina, que realça...
Quando vejo as pessoas comprando seus perfumes, percebo que muito mais do que uma fragrância elas buscam o desejo de ser, ou seja toda mulher quer ser sentir linda, única e poderosa.
As marcas não vendem um produto, vendem o sonho, o desejo de ser sofisticada, moderna, poderosa, delicada, de acordo com a proposta de cada fragrância.
As fragrâncias possuem poderes incríveis e funções terapêuticas que a indústria cósmetica já descobriu há tempos. Os perfumes estabelecem uma conexão direta com o centro das emoções no cérebro e são capazes de resgatar boas sensações. Os perfumes fazem parte de um universo "mágico", onde todos nós podemos entrar e compartilhar.
Minha dica é conhecer Daisy, a nova fragrância de Marc Jacobs, um oriental baunilha frutal. Uma fragrância suave e sofisticada. Daisy traz o brilho do sol em um jardim perfumado. Para os homens "Fuel for life"da Diesel, um aromático fougére. Uma fragrância enérgica, exala virilidade e sensualidade.

"Um perfume é mais do que um extrato: é uma presença abstrata. Para mim, é uma mística". Georgio Armani.

Atitude

Só existe uma palavra para definir o caminho exato para o sucesso: Atitude! É a sua atitude em relação aos fatos e problemas que te leva aos resultados. É ela que determina sua capacidade de compreensão em relação a vida e as pessoas. Quais os caminhos que você traça?; O que você faz?; Quantas pessoas você ajuda?; O que você evita?; De que lado você está?...
Tudo isso funciona como uma bússola, te levando e abrindo caminhos. Embora muitas pessoas a desenvolvem ao decorrer da vida, acredito que seja uma característica "inata", pessoas com atitudes tem mais chances de se relacionar, aproveitam as oportunidades, e escrevem sua própria história.
Portanto saia da platéia, entra no palco e seja protagonista de sua vida, assuma o papel principal, deixa que os outros se tornem coadjuvantes. Tudo tem um preço a pagar, é você quem determina o valor, o esforço e a idéia a ser adquirida.
"Aprenda que o salto, não precisa ser sempre mais alto, só precisa ser constante"...
Como disse W.Shakespeare:
Chegou a hora de entrar na brincadeira.
Não importa a sua idade.
A peça é sua, porque no palco, está o mundo.

domingo, 19 de abril de 2009

A força do bem




Acredito na força da atração, do pensamento positivo, na força do bem. Acredito que de alguma forma tudo volta de bom ou ruim. Tenho total consciência de que meus atos podem interferir na vida das pessoas, que minhas palavras podem abater ou alegrar um coração. Um dia desses ajudei uma amiga, ela passava por um momento difícil com o bebê, lembro que eu também necessitava de algumas coisas, mas a necessidade dela era maior, a minha poderia esperar. A melhor ajuda é quando vem de dentro, sem intenção, sem recompensas imediatas. Essa semana aconteceu algo surpreendente, precisa resolver algumas coisas, mas não sabia como e quando daria pra pagar por todo o serviço. Então o inesperado aconteceu, a ajuda veio de alguém desconhecido, que me ajudou pelo simples fato de ajudar, sem mesmo me conhecer. São exatamente essas coisas que fazem a vida parecer mais leve, mais alegre, mais suportável. Então devo acreditar que muita coisa ainda, pra se esperar, por acreditar, por fazer, por alguém, pelos outros, por mim e por você. Pense Nisso!


sexta-feira, 17 de abril de 2009

Sujeito ou predicado?


Posso dizer uma infinidade de coisas sobre as pessoas, mas eu gosto daquelas que vivem com paixão, aquelas pessoas determinadas, que não desistem, que enxergam o poder de suas asas.
Eu gosto daquelas pessoas que enfrentam o problema, que não se deixam levar pelos momentos ruins, mas que apostam na esperança, no amor, na amizade.

Eu gosto daquelas pessoas que se assumem, que tem opiniões próprias, que dão oportunidades para o inesperado.
Eu gosto daquelas pessoas apaixonadas por uma idéia, por uma causa, por um futuro melhor.
Eu gosto daquelas pessoas que fazem o milagre acontecer, que conseguem enxergar luz na escuridão.
Eu gosto das pessoas que vivem como "Sujeito", porque sujeito é aquele indivíduo responsável pela ação, é aquele que se envolve na situação, que muitas vezes sofre com as ações dos verbos, mas continua na oração. Não importa se você é sujeito simples ou composto, o importante é participar, porque o resto é predicado.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Infância


O tempo passa, fica as lembranças...
Tenho imensas saudades do meu tempo de infância, das brincadeira de rua, dos amigos, dos vizinhos, das noites de verão em conversas no portão.
Saudades do tempo aonde eu podia sonhar que iria me tornar adulta, e mudar o mundo e as pessoas.
Saudades das infinidades de doces que comia, sem se preocupar se ia engordar...
Saudades do tempo em que poucas coisas e pessoas poderiam me magoar...
Saudades das idas ao mercado com meu pai...
Saudades das travessuras que aprontava com minha irmã...
A infância é algo que nos marca, nos remete há um tempo de conforto emocional, um tempo mágico, um tempo aonde se divertir era o único desejo.
Comer algodão-doce, me leva por alguns instantes, a pensar como aquela garotinha de 8 anos, que queria ser professora, ou médica quando crescer.
Agora fica a pergunta, o que te faz lembrar dos tempos de infância?


Blogbeijoooooos :-)

domingo, 12 de abril de 2009

Até quando...


Até quando devemos viver sem fazer nada por acontecer...
Até quando Sustentabilidade v
Até quando vamoai ser um assunto a ser discutido e não praticado...
Até quando o sistema vai nos manipular...
Até quando devo fechar os olhos para uma justiça mais ética, mais decente...
Até quando vão pagar pelo nosso voto...
Até quando devemos nos calar pelos maus serviços cobrados...
Até quando vamos não nos importar com a violência...
Até quando vamos idealizar um país de primeiro mundo...
Até quando vamos utilizar água de qualquer maneira...
Até quando coleta seletiva de lixo vai ser um problema, e não a solução...
Até quando vamos ignorar os sentimentos e opiniões das pessoas...
Até quando o racismo vai ser maior do que a compaixão...
Até quando vão nos impedir de gritar...
...chegou a hora de mudar, é preciso uma inovação de comportamentos, de idéias, de atitudes, devemos reagir antes que seja tarde demais.
Chegou a hora de inovar, é tempo de mentes sem preconceitos, mentes conscientes, mentes que acolhem, que abraçam, que determinam...
...é tempo de mentes sem fronteiras.

sábado, 11 de abril de 2009

O que te faz sorrir???





Mergulhada na rotina do dia-a-dia, no trânsito persistente, entre um farol e outro, reflito em fração de segundos o que me faz sorrir:


Ver uma criança sorrindo, me faz sorrir.
Dizer bom dia as pessoas com quem trabalho, me faz sorrir.
Tomar sorvete depois de um dia cansativo, me faz sorrir.
Ajudar as pessoas que amo, me faz sorrir.
Escutar a chuva na cama, me faz sorrir.
Compreender meus clientes, me faz sorrir.
Abraçar..., me faz sorrir.
Ver o mar, me faz sorrir.
Ser original, com falhas e desejos, me faz sorrir.
E você... o que te faz sorrir?

Maximizando

"Pensar é inevitável, ser poeta também, embora me chamam de louca, sonhadora, imprevisível , constante, eu apenas prefiro ser singular"...porque no singular tudo fica mais simples, nada de substantivos compostos, prefiro os pronomes indefinidos...porque são inesperados. Eu aposto uma vida inteira com aqueles que vivem em conjugação, do que aqueles que preferem viver em 3º pessoa...porque a vida tem que ser vivida com paixão, com entusiasmo, vamos abusar dos artigos, sendo definidos ou indefinidos, agregar preposições e cada vez mais procurar os adjetivos que por algum motivo não conseguimos enxergar.

...apaixonada, visionaria, encantada...não sei, é apenas mais uma forma de viver sem esperar o milagre acontecer.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Estrelas

Todos querem chegar ao topo da montanha, quando é dada a largada, todos correm demasiadamente sem foco querendo chegar ao lugar esperado, porém não sabem o caminho. Muitos desesperados e cansados de percorrer acabam se perdendo e voltam ao início, ofuscando seus sonhos e desejos. Porém existem aqueles que não desistem e continuam seu caminho com fé e esperança. Essas pessoas são determinadas, não se deixam paralisar por críticas ou obstáculos que surgem no caminho, elas continuam andando sem olhar pra traz, ela acreditam na beleza de seus sonhos. Embora passam por dificuldades e decepções, não se deixam abater, mantém o brilho no olhar e a esperança no coração.
Eu acredito que essas pessoas "auto motivadoras" são constituídas pelo mesmo material que se tecem as estrelas, pois quanto mais alto e distante for um objetivo, mais forte elas brilharão.

A capacidade de amar...


Toda complexidade de amar, se difundi na interpretação do ser...
O ato de amar é maior do que beijos e abraços, porque vem da admiração do ser, do contentamento em expectativas, sobretudo no inesperado.
O ato de amar é transparente, silencioso, não precisa ser declarado, porque em si, já é a própria manifestação.
O ato de amar está acima do bem e do mal, porque enquanto se ama, há perdão, compreensão, compaixão, esperança, sobretudo contemplação.
O ato de amar é um verbo em constante conjugação...sempre constante, como a vida deve ser.